[Palavra Chave] Relatos selvagens da maldição da humanidade

Solicitado por Rodrigo Manz

manicdepressivenamedlaughinboy_by_moejo

Todos vocês ficariam muito mais bonitos com um belo furo na testa.

Odeio todos vocês. Olho para vocês vestindo terno e gravata, olho para vocês na faculdade, olho para vocês no shopping. Bem alimentados, bem vestidos, sorridentes. Olho para todos vocês e me lembro quando invadiram a minha terra para me roubar, me raptar e me matar.

Olho para todos vocês com ódio. Tenho vontade de arrancar suas gargantas a dentadas. Tenho vontade de marcá-los com ferro quente. Tenho vontade de desmembrá-los, osso por osso, pedaço por pedaço, com vocês ainda vivos, se debatendo, gritando, implorando para morrer. Sempre que os vejo, sonho com vocês gritando de dor enquanto sangram e sangram e sangram…

Às vezes, gostaria que experimentassem a solidão. Gostaria que se sentissem excluídos, maltratados, malquistos e indesejados. Gostaria que experimentassem o pavor da rejeição, o medo do constrangimento, a incerteza da inexistente aceitação. Gostaria que vivessem num mundo em que vocês são invisíveis, não aparecem em lugar nenhum, não são representados em lugar algum. Gostaria que vivessem num mundo sem exemplos positivos, sem incentivos, sem compreensão, sem gratidão, sem chão. Gostaria que vivessem num mundo em que dizem que somos todos iguais e que tudo isso é coisa da sua cabeça, embora na prática seja uma violência sem precedentes, tanto nos nossos corpos quanto na nossa alma. Gostaria que vivessem num mundo em que os seus semelhantes são tão violentados que acabam se tornando criminosos, para então serem torturados e mortos. Gostaria que vivessem num mundo em que os verdadeiros bandidos cometem extorsões e assassinatos em massa e estão livres, mas se você vacilar um pouco é já pra cadeia – ou amarrado num poste. Gostaria que vivessem num mundo assim por anos e anos, por décadas, séculos, e queria ver se também não sentiriam vontade de estraçalhar e matar.

Não quero matá-los. Quero estraçalhá-los.

Vocês são a maldição do mundo. Vocês invadiram os continentes dos outros, vocês roubaram, estupraram, destruíram, violentaram. Vocês impuseram ao mundo inteiro a sua visão, os seus conceitos, a sua lógica, a sua religião. Vocês roubaram a ciência do outro e subverteram aos seus conceitos de guerra e conquista. Vocês são a maldição desta raça. Vocês são um câncer selvagem no planeta. Vocês não precisavam existir.

Toda vez que os olho, de terno e gravata, bem alimentados e sorridentes, penso que ficariam melhores com um belo buraco na testa. Odeio todos vocês. Se pudesse, arrancaria suas gargantas a dentadas. Se pudesse, tacaria fogo em todos vocês. Se pudesse, arrastaria vocês pela rodovia amarrados a correntes. Se pudesse, acorrentaria vocês no poste e os faria sangrar aos poucos. Se pudesse, invadiria as festas e shoppings que vocês tanto gostam e os metralharia todos.

Mas não quero matá-los. Apenas quero estraçalhá-los. Um a um.

Odeio todos vocês.

Deseja solicitar uma palavra chave? Clique aqui.

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Palavra Chave] Relatos selvagens da maldição da humanidade

  1. UOU! Meu preferido depois de Amor e Paixão. “Se pudesse, tacaria fogo em todos vocês. Se pudesse, arrastaria vocês pela rodovia amarrados a correntes. Se pudesse, acorrentaria vocês no poste e os faria sangrar aos poucos. Se pudesse, invadiria as festas e shoppings que vocês tanto gostam e os metralharia todos.” Bem isso mesmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s